domingo, 3 de maio de 2009

eu sei

Sabes quando parece que nada faz sentido? Quando as coisas menos boas da vida acontecem todas ao mesmo tempo e não sabes que caminho seguir? Eu sei.
Sabes quando num momento de pacividade tudo muda num segundo? Quando as gargalhadas se impõem e a certeza de que ainda vale a pena continuar aqui é total? Eu sei.
Sei que, sem saber como, tudo ficou mais colorido. As pessoas ganharam mais sentido, tornaram-se pessoas aos meus olhos. Num momento apenas calmo, normal, parece que a aura à minha volta mudou. Deixou de ser cinzenta e ficou somente em todos os tons do arco-íris.
Sabes quando pensas: como é possível ter acontecido isto? Sabes quando apenas sorris e queres gritar que estás feliz? Eu sei!
Sabes quando vês o pôr e o nascer do sol apenas e só porque sim? Porque te apetece, porque queres, porque gostas de gostar? Eu sei!
Sabes quando tudo aquilo que sentes é a sensação de que estás apenas num campo relvado, com o vento a passar por ti e com inúmeras borboletas a voar e a brincar com os teus dedos?
Quando parece tudo tão certo, que nem é fácil acreditar? Eu sei, sei bem o que isso é. E se todos os momentos de angústia trazem um destes de seguida, então que venham mais porque sou bem capaz de aguentar com eles. Sou feliz, sou sim. Todos aqueles que apenas me deixam assim, parva, obrigada. Que seria de mim sem vocês?

Sem comentários: