terça-feira, 1 de abril de 2008

Um sorriso e um bom dia para si.

Hoje, quando ia para a escola e estava a entrar na estação do comboio, dei conta daquela Senhora que lá está todos os dias, sempre cedo, a distribuir o jornal. Pensei em escrever sobre ela. Passa lá imenso tempo, com os jornais no braço, dobrando e esticando um de cada vez à medida que as pessoas entram na estação, apressada para poder chegar a todos e com um bom dia na boca, murmurado enquanto já dobra outro exemplar daqueles, prestes a entregá-lo.
E decidi então escrever porque, sempre que lá passo mais cedo e me deparo com ela, quando a simpática senhora, com o seu ar quase assustado de tanta rapidez com que estende jornais, me dá os seus bons dias eu faço questão de lhe sorrir e dizer bom dia. Nem preciso de parar, apenas lhe retribuo o que ela me dá. Será assim tão estranho?
Sentei-me no comboio e dei por mim a questionar-me sobre isso. Passam por ali centenas de pessoas numa manhã. Serei a única que lhe retribui? É que, quando passo, ainda que rapidamente, não vejo mais ninguém a tomar uma atitude idêntica à minha. Aliás, será que a senhora, de tão aterefada que está, repara no meu gesto? Espero que sim. Mesmo que não, faço-o com todo o gosto. Porque não começar o dia a sorrir?

2 comentários:

A Flôr disse...

Amor,

mesmo que sejas a única a fazê-lo, mesmo que mais ninguém o faça... não te importes, pois a tua atitude é a CERTA! E o que conta é o que nos apetece fazer/dizer e não ir atrás do que os outros fazem, neste caso, não fazem! heheh

Querida Cá, continua a escrever aqui neste teu cantinho, mesmo que poucos passem por cá, eu de vez enquando virei "sentar-me" aqui para te "escutar".. acredita que sim! :D

Flor

A Flôr disse...

OPS! Voltei para te dizer, ensina a tua mãe a visitar outros blogs com o nick dela.. assim os aneis dela passarão a ser conhecidos na blogoesfera!

Eu já vou fazendo publicidade ao produto! ahahah

Jokinhas doces no teu coração

Flor