sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Capaz, sou, mas não fui.

Desapontada. Apenas comigo.
Sinto-me capaz de tudo, mas será que o consigo? Lembro-me do que tenho comigo, tudo o que me dá força para seguir em frente e continuar. É bom ouvir "Tens o meu apoio incondicional!", melhor ainda é senti-lo. Oh, eu sei-me capaz!
Porque não o fui logo? Porque tive de me frustrar para o poder fazer depois? Porque é assim, precisei de crescer quanto a isto, assustar-me para entender que é mesmo o meu sonho que quero seguir e que todos os esforços para o concretizar serão recompensados.
Tenho tudo para ser feliz, basta que conduza todas as vertentes nesse mesmo objectivo. E eu, eu sou capaz.
Desapontada comigo, por todos os avisos e todas as expectativas a que não correspondi. Acreditada de capacidade, agora, confiante, capaz de querer ser capaz. Conseguirei. Eu sei tanto que sim, se não o sei!... Afinal de contas, tenho o teu apoio incondicional.

2 comentários:

Dii disse...

E vais conseguir mesmo!
Conseguiste o que querias até aqui.
Agora é só mais uns quantos passos em frente ;P Beijos desta que nunca te esquecerá.

Anónimo disse...

Sinceramenta so o facto de nao ter de estar registado em lado nenhum..gerou um certo acrescento na minha vontade de comentar aqui qualquer coisita...
continuo apaixonado pela tua escrita..ha algo em ti que cativa uma pessoa e prontos..dou por mim aqui a deixar te um beijinho
e todo o meu apoio psicologico =)
beijo F.R.